2 de nov de 2009

COTIDIANO CENTRAL PAULISTANO - 8


(são paulo antiga - praça da sé)



no chão espalhados
sobre sujo pano rubro
os olhos pretos de espera
e tudo se fecha de repente
quando chega o soldado amarelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário