29 de mar de 2017

BECO SEM SAÍDA




(A. não identificado)


76.



O que escrevo? Poemas, 

poemas, apenas.

Poesia?

Busquem-na, se quiserem,

os demiurgos do inefável.








Nenhum comentário:

Postar um comentário