21 de jan de 2017

BECO SEM SAÍDA





(Foto de Chema Madoz)


14.





Nos versos de Omar Kayyam,

o vinho se torna a personagem constante.

Se o velho poeta o aprecia tanto assim,

é porque há no vinho

a sabedoria dos sonhos inefáveis.







Nenhum comentário:

Postar um comentário