9 de jan de 2011

MEDO



(Riccardo Mantovani)



Claro que tenho medo de morrer,
assim, de repente:
- eu nunca fiquei doente!


Nenhum comentário:

Postar um comentário