4 de mar de 2010

BRASILIANAS - 23






da carta de Caminha (7)


deus a mim ponha
em sua bondade,
majestade,
mas era cada vergonha
assim tão cerradinha,
assim tão limpinha,
que olhar para ela
era nossa a vergonha
não era vergonha dela



14.4.2000

(Ilustração: índias xavantes – foto de Roberto Castro)



Nenhum comentário:

Postar um comentário