1 de jul de 2016

águas que correm







(Claude Monet)





rios nos montes nascidos

filetes

fios de pérolas

se escorrem

por preguiçosos leitos

encachoeiram-se em véus

dos céus os arco-íris

espalham-se

sob florestas

fontes de nuvens

fontes de mares

águas que escorrem

em pedras e limos

formando caminhos

caminhos de vida

águas

águas

águas

vivas

em chuvas

e cheias

em cheias

e limo de vida

que nascem finos fios

viram oceanos

rios que correm

rios que morrem

se não os amamos

se deles não cuidamos

rios de vida

rios de morte

nossa a escolha

se vivemos

se morremos

nas águas que correm

nos rios da terra

que descem da serra

filetes

fontes

riachos

ribeirões

rios

oceânicos rios

rios que correm

águas de vida

águas da vida

22.6.2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário