3 de ago de 2011

BRASILIANAS II




4. falando de donos,


teu povo vermelho
da cor de urucum

teu povo do mato
que come o que caça

teu povo das águas
que pesca o bom peixe

onde?

onde o urucum
de festas ancestrais?

onde o bicho matreiro
que a onça matou?

onde o peixe mais limpo
que as águas do rio?

teu povo, onde?
na casa do conde?

pára o teu bonde,
arreia teu cavalo,
morde teu beiço,
lança teu laço!


(Ilustração: Dulcinea Brito)


Nenhum comentário:

Postar um comentário