26 de mai de 2015

Canção de Minas



(Foto de Fátima Alves)



Quero você
na garupa de  minha moto,
subindo e descendo
montanhas de Minas.

Liberdade é cachoeira
furando a pedra.
Liberdade é mandacaru
crescendo na serra.
Liberdade é maritaca
voando no céu.

Quero você
na viagem de meus sonhos
como nuvem que molha
as asas do bem-te-vi.
Quero você
na viragem do vento
no braço do rio
em banho de cachoeira.

Esqueça o que ficou
nas vidas que não vi,
em cada pedra de montanha
em cada espinho do caminho
deixe as tristezas do passado
e vamos os dois, amor,
na garupa de minha moto,
subindo e descendo
os meus sonhos de Gerais.





quinta-feira, 14 de dezembro de 2000

Nenhum comentário:

Postar um comentário