3 de jan de 2016

pastiche




(Patrice Murciano)



não, não sei
se finjo o que sinto
ou sinto o que finjo

também não sei
se sou poeta porque fingidor
ou fingidor porque poeta

na dúvida
vou sentindo o que não finjo
vou fingindo o que não sinto

e então
vem o poeta e diz o que é ser fingidor
que devia eu fingir tão espetacularmente
que tudo que não fosse fingido teria sentido
e tudo que não tivesse sentido seria fingido

não, não tem sentido algum
não saber se finjo o que sinto
ou se sinto o que finjo

sei apenas que...

23.12.2015


Nenhum comentário:

Postar um comentário