30 de ago de 2010

POEMAS ESPARSOS - 2


(Guennadi Ulibin)



Biguebangue




o caos a luz o caos a luz o caos a luz o caos a luz o caos a luz o caos

o caos a luz o caos a luz

o caos a luz o caos

o caos a luz o caos

a força a treva a força a treva a força

a força a treva a força a treva

a força a treva a força

a força a treva

a força


à força


o sangue a dor o sangue a dor o sangue

o sangue a dor o sangue a dor

o sangue a dor o sangue

o sangue a dor

o sangue


a vida à vida ah vida ávida




BIGUEBANGUE!

Um comentário:

  1. Olá Isaias,

    Amei teu blog e seus poemas....

    Vi um poema seu em uma comunidade, o nome do poema é PARA DEUS, achei simplesmente perfeito.

    Parabéns...

    Tentei lhe adicionar no orkut mas não consegui.

    Vou te seguir aqui no blog.

    Bjos

    ResponderExcluir