24 de ago de 2016

Narrar não é preciso




(Almeida Prado - moça lendo)



Narrar não é preciso

apenas necessário.

Não basta à vida

a vida vivida:

a vida só é plenitude,

quando narrada

mil vezes repetida.

Como as contas do rosário

entre os dedos do cristão

são os dias lembrados

são os dias contados

mais do que história

gotas que escorrem 

orvalhando a memória

com paciente presciência

prestam ao deus tempo

o culto da sua existência.







s/d

Nenhum comentário:

Postar um comentário