7 de ago de 2016

noturno número 5



(Pawel Kuczynski)






várias noites já alta a madrugada

no silêncio do meu quarto

sinto uma vibração profunda

uma leve vibração que provém

das entranhas da terra

perpassa o solo até a madeira

da cama e alcança meu corpo

uma vibração de vida leve e breve

onda que traz das profundezas

a certeza de que ainda vivo

e diz baixinho aos meus ouvidos

- é noite

- há vida

- não morra!


19.6.2016



Nenhum comentário:

Postar um comentário