29 de out de 2015

AS LOUCAS DA PRAÇA DE MAIO



(Foto da internet, s/indicação de autoria)



Um dia levados
pelos demônios fardados
seus filhos sumiram

em sujos porões
- torturados -
seus filhos e irmãos cumpriram
a saga dos ladrões.

Seus corpos lacerados
por fundas províncias
largados
como inúteis fardos
em terra maldita.

Sua vida, seus sonhos,
em louca desdita
massacrados
pelos demônios fardados.

Libertários do mundo!
Antes que a dor arrefeça,
é necessário buscar o fundo
sentimento do mal,
exorcizar os demônios
e já, agora, como o raio
realizar com justiça os sonhos
das loucas da Praça de Maio.


S/data (provavelmente, c.1983)


Nenhum comentário:

Postar um comentário