12 de out de 2015

LUTA



(Andre Muller)



eis num instante o lampejo
do mote à glosa pula o pensamento
poético
flui o verso
salta a palavra
tropeça o verbo
acumulam-se conceitos
vazios
à interrupção do mundo exterior.




BH 9.9.77

Nenhum comentário:

Postar um comentário