12 de fev de 2016

AMAR-TE É TRAMA




11


lágrima




(Bernadeth Rocha - fundo de quintal)




não me importa que chova
e que seja tão fria a tarde lá fora

quero o silêncio dos livros fechados
quero o tilintar de versos não lidos
quero o borbulhar do chá no fogo

e depois que meu coração estiver
um pouco mais calmo
e meus pensamentos se ordenarem
vou querer apenas a lágrima
que nunca chorei por ti



17.5.2013



Nenhum comentário:

Postar um comentário