19 de abr de 2016

autorretrato 1





(Gottardo Ciapanna)



não sou concretista
sou concreto

não pulo muros
escrevo neles

não gosto de cães
rosno só para a lua

não chego ao fundo do poço
cavo um pouco mais

não atiro o pau no gato
sou eu o gato

não durmo de touca
nem com anel no dedo

não corro da polícia
evito-a sempre

não cheiro coca
não fumo maconha
não me benzo com água benta
não chuto macumba
não grito palavras de ordem
não tiro donzelas para dançar
de concreto o que faço
é só escrever umas bobagens
em forma de poesia



28.3.2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário