17 de abr de 2016

estrelas mortas




(Vincent Van Gogh - starry night)




a trilha dentro da noite leva ao alto
caminha contra o vento o caminheiro
a trilha se contorce a cada passo
entre o barranco e o desfiladeiro
ouvem-se sibilos de aves noturnas
estalos de galhos ao passo da onça
faz a trilha o passo do caminheiro
e o passo tropeça nas lascas das pedras
sangra o peito a cada espinheiro
come a sola das sandálias a terra batida
ao vento da noite tresanda a trilha o cheiro
do medo alquimista cosido em retortas
e o medo conduz o velho caminheiro
para o céu salpicado de estrelas mortas

29.3.2016
3.4.2016


Nenhum comentário:

Postar um comentário