11 de abr de 2016

militar progressista







um intelectual maluco
(afirmam alguns ter sido o multidelirante Gláuber Rocha)
disse ao general estrelado
bem ao pé do seu ouvido
general
o senhor é um militar progressista

o general pensou
militar eu sou sem dúvida
tenho minhas estrelas
tenho a minha tropa
cavalgo meu cavalo branco
comando
dou ordens
sou militar
sim
sou militar

e cabreolou ainda na cabeça do general
sou progressista
progressista da ordem e do progresso
progressista porque marcho sempre para a frente
não é isso ser progressista?

então na cabeça do general
as duas palavras se enfrentaram
cada uma numa trincheira
lá entre os poucos neurônios do general
inimigas prontas a desencadear
a tempestade mental
a batalha final
a batalha sangrenta
na cabeça do general

eram tão fortes em suas trincheiras
as palavras fatais
militar de um lado com sangue nos olhos
progressista de outro com a faca entre dentes
elas partiram como dois gigantes
para o confronto final
na cabeça do general
elas se chocaram na cabeça general
nunca houve choque igual
na cabeça do general
e o choque foi tão violento
na cabeça do general
que caiu duro o general
nem um músculo nunca mais se moveu

hoje tanto tempo depois
está lá o general estatelado
em sua cadeira de balanço acomodado
com seu olho para sempre arregalado
de sua boca escorrendo a baba branca
vestido com seu melhor fardamento
no peito todas as medalhas
calado para sempre
absolutamente quieto
não há quem lhe solte o breque
apenas um chuchu
um chuchu com seu lindo quepe


22.3.2016



Nenhum comentário:

Postar um comentário