20 de nov de 2015

POEMAS DO COTIDIANO



Além do antes


(martin van maele) 


Exangue o corpo em queda livre
o teu beijo inspira
no alento derradeiro.
Ao abismo apenas
lentas dores o esvair-se assiste:
tudo que de ti fora,
dentro do peito,
eterno desejo
em ondas de espanto e dor
fazem do amor o outrora
além do antes.
Agora!


5.6.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário