20 de nov de 2015

POEMAS DO COTIDIANO



Gozo dos amantes



(martin van maele)



Fogo o que te queima
e chamas amor.
Se o que te abrasa
teima,
em que momento for,
em impor
ao teu ser a asa
que te leve ao infinito,
para o teu voo
e ouve,
ouve o teu próprio grito.
Nas chamas em que me chamas,
o teu fogo ao meu fogo então se casa,
e a dor dos longos dias de antes
fará da dor da chama o gozo dos amantes.


12.6.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário