13 de nov de 2015

POEMAS DO COTIDIANO


Negas o sol



(martin van maele)



Transcendes a luz da luz que em ti brilha,
ó ser etéreo em horizontes plúmbeos.
Teces mistérios de trajetórias trânsfugas
para espasmos loucos de galáxias negras.
Negas o sol por seres mais,
negas a vida por seres eterna.
E nasceste fogo para em inferno tornares
o doce amor que um dia em ti busquei.



16.4.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário