2 de abr de 2010

POEMAS DO MUNDO: do fazer poético 3



tão fácil juntar
rimar
limar
palavras vãs
num verso solto

tão fácil falar
de amor
de dor
de flor
em versos inúteis

tão fácil
iludir
chorar
as dores
do mundo
em versos fúteis

tão fácil dizer
de coisas
etéreas
e eternas
em versos inefáveis

mais fácil ainda
tocar
as mentes
humanas
com loucas
mensagens
de mundos estranhos

difícil, no entanto,
achar
nos versos
sem rima
sem metro
a palavra final
- o Verbo.



9.1.91



(Ilustração: Malevich)

Nenhum comentário:

Postar um comentário