27 de abr de 2010

POEMAS DO MUNDO: lugares... caminhos... 6





Putas, boêmios e pederastas
emergem da noite em busca de paz:
maltratado exército de emoções nefastas
que, à luz néon dos velhos bares, se desfaz
em reis, princesas e poetas.

Aos becos mortos oferecem vida;
aos palcos podres, emoções de estetas;
no show mambembe, uma boca retorcida
imita o canto da divina Sarah;
e, ali, na boate suja, um instante a música pára
e a stripper volatiza o sonho da última peça;
o arrepio do silêncio bêbado prepara
a entrada triunfal do show das dez:
e, antes que as poucas palmas se arrefeçam,
o palco iluminado se escancara
à orquestra louca num som de jazz.


19.10.90


(Ilustração: foto de Shubina Olga – despair)


Nenhum comentário:

Postar um comentário